top of page

Evonik Constrói a Primeira Planta do Mundo para a Produção de Ramnolipídios em Escala Industrial



Investimento prospectivo de três dígitos de milhões de euros na Eslováquia Parceria estratégica com a Unilever Inovação em prol da sustentabilidade: fermentação de açúcar substitui matérias-primas petroquímicas


A Evonik está investindo um valor de três dígitos de milhões de euros na construção de uma nova unidade de produção de ramnolipídios de fonte biológica e totalmente biodegradáveis. A decisão de edificar a planta segue um avanço em pesquisa e desenvolvimento da empresa. Ramnolipídios são biossurfactantes e servem como ingredientes ativos em sabonetes líquidos para cuidados pessoais e detergentes domésticos. A demanda por surfactantes ecologicamente corretos está em elevação no mundo inteiro.

O investimento no parque industrial de Slovenská Ľupča, na Eslováquia, reforça a parceria da Evonik com o grupo de produtos de consumo Unilever, que teve início em 2019. O investimento também permite que a Evonik continue ampliando a sua própria posição no promissor mercado dos biossurfactantes. A nova planta deverá iniciar suas operações em dois anos.

“Nós investimos mais de 400 milhões de euros ao ano em pesquisa e desenvolvimento”, conta Harald Schwager, Chief Innovation Officer da Evonik. “A jornada dos ramnolipídios da ideia inicial ao produto acabado foi longa, mas valeu a pena. Essa parceria com a Unilever é consequência da nossa expertise em biotecnologia”.

“Os ramnolipídios são uma parte importante da nossa iniciativa Clean Future, ou Futuro Limpo, com a qual estabelecemos o objetivo de substituir o carbono fóssil em todos os produtos de limpeza até 2030. Queremos tornar a sustentabilidade fácil para todos que usam os nossos produtos. A parceria com a Evonik ajuda a distanciar as nossas marcas dos combustíveis fósseis sem comprometer o desempenho ou a acessibilidade”, promete Peter Dekkers, Executive VP Middle Europe da Unilever.

Os ramnolipídios são produzidos por meio da fermentação do açúcar. Os carbonos fósseis e as gorduras tropicais, que até agora eram usados na produção dos surfactantes convencionais, tornam-se supérfluos. A biodegradação dos ramnolipídios os tornam uma alternativa sustentável que também oferece excelentes propriedades de espumação e suavidade em contato com a pele. As aplicações são variadas e vão além dos agentes de limpeza, alcançando o setor de cuidados pessoais.

“Com a construção da primeira fábrica do mundo de produção em escala industrial, nós poderemos abastecer esse mercado de rápido crescimento com produtos de excelente qualidade”, diz Johann-Caspar Gammelin, responsável pela divisão Nutrition & Care da Evonik. “Ao mesmo tempo, continuamos ampliando a participação de system solutions na divisão”.

A divisão de life sciences Nutrition & Care da Evonik estabeleceu o objetivo de aumentar as vendas de system solutions dos atuais 20% para mais de 50% até 2030.

Nos últimos 25 anos, o site da Evonik na Eslováquia se tornou um centro estratégico de biotecnologia e conta com uma equipe de especialistas altamente qualificados.



Mais informações:

Evonik Brasil Ltda.

Fone: (11) 3146-4100



ABC - Associação Brasileira de Cosmetologia

Comments


bottom of page