top of page

Sustentável e Lucrativa: a Evonik Continua Crescendo

EBITDA anual ajustado aumentou 25% para 2,38 bilhões de euros.

Perspectivas para 2022: EBITDA ajustado deve avançar para 2,5 - 2,6 bilhões de euros

Estrutura de liderança: A Evonik está se tornando mais diversa





Após um ano de muito sucesso, a Evonik espera mais crescimento em 2022. “Obtivemos resultados realmente robustos e implementamos a nossa estratégia de maneira consistente”, disse Christian Kullmann, Presidente da Diretoria Executiva. “Agora estamos preparando a empresa para o seu crescimento futuro. A Evonik está se tornando mais sustentável, mais lucrativa e mais diversa”.


Vendas, EBITDA ajustado e fluxo de caixa livre registraram aumento superior a 20% em 2021 na comparação com o ano anterior. As vendas cresceram 23% para 15 bilhões de euros, impulsionadas por uma forte demanda contínua em todas as divisões químicas.


O resultado ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA ajustado) fechou em 2,38 bilhões de euros, o que representa um incremento de 25% em relação ao ano passado. O aumento significativo nos custos das matérias-primas, da energia e da logística foi compensado com sucesso. O resultado líquido ajustado cresceu 54% para 986 milhões de euros, com o rendimento ajustado por ação subindo de 1,37 para 2,12 euros.


O fluxo de caixa livre aumentou 22% para 950 milhões de euros, o que representa uma taxa de conversão de caixa de 40%. “Estamos conseguindo manter a nossa alta taxa de conversão de caixa”, disse Ute Wolf, CFO da Evonik. “Esperamos um fluxo de caixa livre em elevação pelo quinto ano consecutivo”.

A Evonik está confiante em relação a 2022. Após um início de sucesso, a empresa espera que o EBITDA ajustado aumente pelo menos 10% no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período do ano anterior.


Considerando o ano inteiro, a Evonik espera que as vendas avancem para 15,5 – 16,5 bilhões de euros. O EBITDA ajustado deve crescer para 2,5 - 2,6 bilhões de euros. A taxa de conversão de caixa é novamente estimada em cerca de 40%.


Na reunião anual dos acionistas em 25 de maio de 2022, a diretoria executiva e o conselho de administração vão propor um ligeiro aumento do dividendo anual para 1,17 euro por ação - o que representa um dividend yield de cerca de 4%.


Portfólio, Inovação

Um impulsor importante do avanço dos nossos negócios é o poder de inovação da Evonik. Em 2021, a empresa registrou vendas de mais de 500 milhões de euros com novos produtos de suas seis áreas de crescimento voltadas à inovação, um incremento de cerca de 350 milhões de euros em relação ao ano anterior. Ingredientes ativos para a área cosmética e tecnologias de liberação de fármacos apresentaram um crescimento especialmente alto.


“Estamos muito bem encaminhados em nosso objetivo de gerar mais de um bilhão em vendas até 2025 com produtos inovadores”, disse Harald Schwager, integrante da Diretoria Executiva responsável por inovações. “Esses produtos se caracterizam pelo seu alto potencial de crescimento e margens acima da média”.


Um impulsionador central da inovação é a sustentabilidade. Isso inclui a meta de aumentar de maneira consistente as vendas da Evonik por meio de produtos sustentáveis. A participação das chamadas Soluções de Próxima Geração nas vendas subiu recentemente dois pontos percentuais para 37%. Essas soluções envolvem produtos que oferecem um benefício de sustentabilidade claramente superior na comparação com produtos da concorrência. Por exemplo, a Evonik está atualmente construindo a primeira unidade de produção em escala industrial de surfactantes de base biológica e totalmente biodegradáveis na Eslováquia.


A Evonik está avançando com a reestruturação de seu portfólio. Em outubro de 2021, por exemplo, adquiriu a Botanica, fabricante suíça de extratos vegetais. A compra reforça a posição da empresa no mercado de ingredientes ativos para uso em cosméticos. Ao mesmo tempo, a cisão do negócio de Baby Care foi concluída em preparação à sua venda.


Liderança Verdadeira

A Evonik está efetuando mudanças em diversas posições gerenciais. Executivos em ascensão estão assumindo cada vez mais responsabilidade. A proporção de mulheres na alta direção está aumentando, assim como está crescendo o número de gestores com experiência internacional. “O fator decisivo para o nosso sucesso são os nossos colaboradores”, afirmou Kullmann. “Com sua expertise, criatividade e motivação, eles deixam a vida um pouco melhor, todos os dias, no mundo inteiro. Essa diversidade nos deixa mais fortes e agora se reflete ainda mais nas posições gerenciais da empresa. Resumindo, é o mix que conta”.


Essa mudança fica particularmente evidente no nível gerencial abaixo do da diretoria executiva. Três das cinco divisões da Evonik estarão a cargo de mulheres, incluindo uma colaboradora dos Estados Unidos e outra da França.


Além disso, a Evonik está reforçando a sua presença na Ásia do ponto de vista de pessoal, a fim de refletir a crescente importância da região. Pela primeira vez, um integrante da diretoria executiva estendida será transferido de Essen, Alemanha, para a Ásia. Claus Rettig, atual responsável pela divisão Smart Materiais, vai responder localmente por todas as atividades da Evonik na Ásia, apoiado por um time reforçado de gestores e com amplos poderes. “Se queremos participar do crescimento dos mercados asiáticos, não podemos só fornecer para esses mercados”, disse Kullmann. “É preciso estar presente de verdade, com modernos meios de produção, pesquisa e desenvolvimento, além de uma forte equipe gerencial”.


A nova responsável pela divisão Smart Materials será Lauren Kjeldsen, anterior gestora da divisão Specialty Additives. A função de Lauren será preenchida por Claudine Mollenkopf. Joachim Dahm assume a responsabilidade pela divisão Technology & Infrastructure e Maike Schuh, pela divisão Performance Materials.

Desenvolvimento nas divisões químicas

Specialty Additives: As vendas da divisão cresceram 15% para 3,71 bilhões de euros em 2021.

Os produtos para as indústrias de tintas e da construção, mas também para energias renováveis, registraram um crescimento significativo nas vendas em todas as regiões em função de uma perceptível elevação da demanda. Os aditivos para espumas de poliuretano no setor de bens duráveis como colchões e refrigeradores também apresentaram um bom incremento nos volumes e vendas significativamente mais altas. No segundo semestre do ano, o aumento das vendas foi parcialmente limitado por interrupções nas cadeias de fornecimento globais e a associada falta de algumas matérias-primas. O EBITDA ajustado cresceu 7% para 920 milhões de euros.


Nutrition & Care: As vendas da divisão Nutrition & Care aumentaram 19% para 3,56 bilhões de euros em 2021. A demanda por aminoácidos essenciais continuou elevada no mundo inteiro, gerando vendas significativamente mais altas e preços de venda mais favoráveis. Na linha de negócios Health Care, as aplicações farmacêuticas contabilizaram um aumento importante nas vendas, especialmente nos lipídios para vacinas de mRNA. Conseguimos atender a demanda graças à capacidade de produção adicional implementada nos primeiros meses do ano. Os produtos da linha de negócios Care Solutions, especialmente os ingredientes ativos para aplicações cosméticas, voltaram a registrar aumentos nas vendas. O EBITDA ajustado subiu 28% para 717 milhões de euros, principalmente em razão de preços de venda mais favoráveis.


Smart Materials: As vendas da divisão subiram 21% para 3,92 bilhões de euros. As vendas de polímeros aumentaram de maneira significativa. Em especial, os polímeros de alta performance registraram uma elevação considerável da demanda na indústria automotiva. Mas a demanda também foi forte nas áreas de poliamidas-12 em pó para impressão 3D e membranas para o processamento eficiente de gás. As vendas de produtos inorgânicos também registraram um crescimento relevante. A área de sílicas para pneus se beneficiou da alta demanda mundial e os produtos com oxigênio ativo apresentaram um bom crescimento nos volumes, tanto em especialidades quanto no peróxido de hidrogênio clássico. O EBITDA ajustado avançou 23% para 650 milhões de euros.


Performance Materials: As vendas da divisão melhoraram 47% para 2,91 bilhões de euros em 2021. As vendas dos produtos C4 cresceram de modo significativo em função do incremento da demanda e da forte melhora dos preços de venda. Os alcoolatos registraram grande procura e registraram um aumento considerável nas vendas. O desenvolvimento do negócio com superabsorventes continuou afetado de maneira adversa pelo difícil ambiente de mercado. O EBITDA ajustado saltou de 88 milhões de euros para 317 milhões de euros, sobretudo em razão do aumento nos preços de venda.





Mais informações:



ABC - Associação Brasileira de Cosmetologia

Comentarios


bottom of page